POLÍCIA ▸ TIRO CERTEIRO

Criminoso de Poconé é morto após tentar roubar Major do Bope

Um major da Polícia Militar reagiu a uma tentativa de assalto a seus familiares e um bandido terminou morto, na noite desta segunda-feira (8), no bairro Morada do Ouro, em Cuiabá. 

As informações da Polícia Civil são de que uma investigação será realizada, no entanto esclarece que a tentativa não foi contra o policial militar.

O suspeito poconeano Ademilson de Siqueira, 25 anos, morreu no local e o comparsa fugiu. De acordo com informações, o cunhando do Major foi retirar seu veículo S10 da garagem de sua casa para guardar o automóvel na casa do vizinho, momento em que dois indivíduos em uma motocicleta passaram pelo local. 

Assim que a vítima percebeu a aproximação, um dos suspeitos apontou uma arma para ele e ordenou que entregasse a caminhonete, senão iria mata-lo. O suspeito percebeu que o major que estava armado e apontou o revólver em sua direção e realizou um disparo.

Conforme boletim de ocorrência, houve troca de tiros e o suspeito Ademilson foi alvejado vindo a óbito no local. Já o condutor da moto foi alvejado e conseguiu fugir.

A Polícia Civil requisitou laudos periciais junto a Politec (local de crime, necropsia, balística) para subsidiar as investigações. 

Crimes em Poconé:

Ademilson de Siqueira foi preso em 2016 após troca de tiros contra um policial civil dentro de um estabelecimento comercial, durante uma tentativa de assalto.

O criminoso sacou uma arma e rendeu três funcionários de um quiosque de vendas de telefones celulares. Ele exigiu que as vítimas colocassem aparelhos telefônicos em uma mochila.

Um investigador da Polícia Civil que fazia compras no local percebeu o assalto e foi até o local dar voz de prisão. Porém, ele acabou sendo recebido com disparos e precisou revidar a ação.

 

Galeria de Fotos

Todos os Direitos reservados a Poconet Notícias.

Comentários