VARIEDADES ▸ HIV

Conchita Wurst, cantora que venceu Eurovision, revela ser soropositiva

Conchita Wurst, cantora austríaca de visual andrógino que ficou conhecida ao vencer o concurso Eurovision em 2014, revelou neste domingo (15) ser portadora do vírus HIV, causador da Aids.

A artista contou ter sido diagnosticada há anos. Ela decidiu tornar a informação pública após receber ameaças de um ex-namorado. "Não darei a ninguém o direito de me assustar e influenciar meu futuro", escreveu no Instagram.

"Eu não queria vir a público com isso por uma série de razões", explicou. "O mais importante é a minha família, que sabe de tudo e me apoiou incondicionalmente desde o primeiro dia (...). Em segundo lugar, é uma informação que acredito ser relevante principalmente para as pessoas com quem posso vir a ter contato sexual."

Em tratamento, Conchita afirmou que seu nível de HIV está abaixo do limite de detecção, estágio em que as chances de transmissão são quase nulas. "Estou bem, e estou mais forte, mais motivada e livre do que nunca", concluiu.

O Eurovision é o mais tradicional concurso musical da TV europeia. Conchita cantou no programa a música "Rise like a phoenix".

Nascida com o nome de Tom Neuwirth, ela disse em entrevista ao G1 em 2013 que criou e incorporou a figura feminina por se sentir "renegada na adolescência".

Comentários