ESPORTES ▸ CONVOCADOS

Cássio e Fagner comemoram convocação para a Seleção e lamentam desfalcar o Corinthians

O goleiro Cássio e o lateral-direito Fagner comemoraram a convocação na manhã desta sexta-feira para defender a seleção brasileira na Copa América, mas também lamentaram o fato de desfalcarem o Corinthians em jogos importantes.

Por conta da disputa da Copa do Brasil, Cássio e Fagner poderão se apresentar somente depois do duelo contra o Flamengo, no dia 4. Mesmo assim, eles perderão as partidas contra Cruzeiro e Santos, ambas fora de casa, pelo Brasileirão.

– A gente queria ajudar, mas o bom momento no clube nos proporcionou isso. Por isso agradeci aos companheiros. A gente sabe que é difícil, mas também confiamos nos jogadores que aqui estão. Os jogadores que entrarem vão tentar fazer o melhor para que a equipe continue vencendo – disse Fagner, em entrevista coletiva minutos após a convocação.

– É o calendário... Uma das coisas difíceis de ir para a seleção é deixar o seu clube. Não sei como vai ser, quais jogos vamos ficar fora. Lógico que representar o seu país é uma coisa bem legal, o sonho de todo mundo, mas ao mesmo tempo você tem identificação com o seu clube e acaba perdendo alguns jogos. Mas quem estiver aqui vai fazer o seu melhor – opinou Cássio.

A dupla fez questão de agradecer aos demais jogadores, dirigentes e funcionários do Corinthians pelo suporte no dia a dia, que permitiu a ida deles à Seleção.

O goleiro ainda revelou bastidores do CT Joaquim Grava no momento do anúncio da convocação de Tite:

– Tínhamos acabado o treino, eu estava na academia com alguns companheiros, e o Fagner na fisioterapia. A gente fica feliz também por ver a alegria dos nossos companheiros por nossa convocação. Fui abraçado por todas as pessoas que trabalham no Corinthians, a gente se sente muito feliz, querido por todos. Isso é uma coisa legal. A gente vai para lá representar nosso clube. Eles nos deram força. Se estamos na seleção, devemos a eles, sozinho você não chega a lugar algum.

Fagner também aproveitou para mandar um recado a torcedores de outras equipes:

– O mais importante agora é não existir clube, todo mundo vestir a camisa da seleção. Vamos estar representando nosso país, se a seleção for vitoriosa o país vai ficar orgulhoso disso. Vamos representar nosso país da melhor forma, buscar esse título tão almejado. Pedimos o apoio do torcedor e vamos buscar nossos objetivos.

Antes de se apresentaram à seleção, Cássio e Fagner defenderão o Corinthians contra Athletico-PR, Deportivo Lara (nos duelos de ida e volta da segunda fase da Copa Sul-Americana), São Paulo e Flamengo.

Walter e Michel Macedo devem ser os substitutos de Cássio e Fagner, respectivamente, nos jogos contra Cruzeiro e Santos.

Comentários