POLÍCIA ▸ MANDADO ABERTO

Agente penitenciário é preso suspeito de levar drogas e celulares

Um agente penitenciário foi preso por levar drogas e celulares a detentos da Penitenciária Major Eldo de Sá Corrêa, conhecida como Mata Grande, em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá.

Guilherme de Oliveira, de 49 anos, cometeu o crime em outubro do ano passado, mas foi preso nesta terça-feira (19) depois que teve a prisão preventiva decretada pela Justiça.

Ele estava afastado da função e foi preso na casa dele, em São Pedro da Cipa, 149 km de Cuiabá. Guilherme deve responder por tráfico de drogas e corrupção passiva.

A Polícia Civil informou que, à época, Guilherme trabalhava na penitenciária e estava de folga, mas foi até a unidade com a alegação de que precisava resolver alguns assuntos pendentes no setor de Recursos Humanos.

Ele havia pedido para ir ao banheiro, mas foi flagrado pelos próprios colegas de trabalho arremessando objetos em uma das celas.

Ao revistá-lo, a polícia encontrou drogas, seis celulares, carregadores, fones de ouvido, dinheiro e outros objetos que foram apreendidos.

Comentários