POLÍCIA ▸ CRIME BRUTAL

Acusado de pistolagem é preso no distrito de Cangas em Poconé

A Polícia Judiciária Civil, em Poconé, prendeu Manoel Marques Ferro de 67 anos, que estava foragido da Justiça há vários anos. Contra ele pesava uma ordem de prisão decretada por Homicídio. 

A investigação começou após a polícia civil do município de Poconé receber uma denúncia de que havia um foragido da justiça morando na região do Distrito de Cangas. O acusado foi encontrado na casa dele.

O crime do qual Manoel é acusado, aconteceu na cidade de Alta Floresta, quando o suspeito, juntamente com um grupo de pistoleiros da região, sequestraram e executaram um homem em uma região de mata.

Conforme a denúncia feita pelo Ministério Público, Em julho de 2000, o suspeito, juntamente com um grupo de pistoleiros, foram contratados por um empresário para fazerem sua proteção e eliminarem seus inimigos.

Após receberem ordens do empresário, os pistoleiros seguiram em busca do alvo, Segundo a denúncia, os suspeitos localizaram a vítima em um bar na região, colocaram ele no interior do veículo e levaram até o empresário.

No estabelecimento comercial do mandante, a vítima foi torturada, após a sessão de tortura, a vítima teve suas mãos amarradas e levada até uma estrada da zona rural, no município de Alta Floresta/MT, Os pistoleiros retiraram a vítima da carroceria da caminhonete e a arrastaram cerca de três metros mato adentro, jogaram a vítima ainda amarrada no chão, e em posse de um revólver cal. 38, efetuaram 03 (três) disparos na cabeça da vítima que morreu no local.

Depois disso, o suspeito fugiu e levava uma vida normal. O suspeito foi levado para a Cadeia Pública de Poconé e deverá ser transferido para cidade de Alta Floresta onde irá responder pelo crime.

 

Comentários