NACIONAL ▸ ATAQUES

11º dia de ataques no CE: Polícia prende suspeitos de explodirem concessionária em Fortaleza

Policiais prenderam na manhã deste sábado (12) três suspeitos de arremessar artefatos explosivos e danificar vários veículos em uma concessionária em Fortaleza. O ataque ocorreu em meio à onda de violência que dura onze dias no Ceará, com mais de 190 ações criminosas coordenadas por chefes de facções. Com a prisão dos três suspeitos, chegou a 330 o número de detidos por envolvimento na sequência de ataques.

De acordo com o secretário da Segurança do Ceará, André Costa, dois homens foram baleados durante troca de tiros com policiais. Após as prisões, a Polícia Militar, que recebe apoio da Força Nacional para tentar conter a violência no estado, reforçou as buscas pelos autores da destruição de uma torre de energia em Maracanaú, na Grande Fortaleza, durante a madrugada deste sábado.

A queda da estrutura deixou bairros de Fortaleza e Região Metropolitana sem energia durante a madrugada.

A onda de violência no estado chegou ao 11º dia seguido com 194 ataques confirmados em 43 municípios. Desde o início da sequência de crimes, 35 membros de facções criminosas foram transferidos para presídios federais, de acordo com o Ministério da Justiça.

Membros de facções rivais se uniram contra o governo após o secretário da Administração Penitenciária do Ceará, Mauro Albuquerque, anunciar mais rigor na fiscalização dos presídios.

Comentários