MURAL

LISTAGEM

  • De : Joao / Para : PMDB

    Olá deixa a vereadora Neia participar da chapa ai pessoal ela eu acho que vai melhorar, o partido não vai ficar de trairagem com o PMDB, traiu a sua coligação nas eleições ficando levendo tudo que acontecia no comite do 40 olha eu acho melhor vereadora vc sair do partido e ir para a base do prefeito que no PMDB vc não vai ter espaço nem como filiada mais procure o pessoal que está no comando e pede para sair....

    16/08/2017 às 10:39:52
  • De : Denunciante / Para : Todos

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

    16/08/2017 às 10:34:57
  • De : Morador / Para : Eleitores

    Lembra daquela surra bofetoes q este tal político levou do bancário, pois bem na ocasião eu até critiquei a atitude do bancário, hj eu jamais faria isso, sabe pq? Pq ele votou a favor do Temer, bem q merecia umas ovadas igual ACM NETO e o DORIA levaram lá na Bahia, na eleição passada eu e minha familia votamos nele, mais de agora em diante pode esquecer, nao esquecam eleitores, o Fabio Garcia votou pela permanência do Temer, q prejudicou o trabalhador com a reforma trabalhista, e tbem quer prejudicar mais ainda com a reforma da previdência, nao se esquecam eleitores, vamos dar o troco a esse deputado nas urnas, recado dado.

    15/08/2017 às 22:59:09
  • De : Marcos / Para : Todos

    Eu estava olhando um video sobre um remedoinho em Guaranta do Norte e Já vivi uma experiência dessa também em Poconé. Fui inventar de entrar no olho do redemoinho e sofri várias escoriações. Nunca mais faço isso.

    15/08/2017 às 22:23:31
  • De : Curiosos / Para : Todos

    O deputado federal Fabio Garcia (PSB) esteve nesta segunda-feira (14) em Poconé, onde participou da entrega de patrulhas mecanizadas. O que pouca gente entendeu foi a presença do assessor do Ministério das Comunicações, José Augusto da Silva Curvo, o Tampinha (PSD), suplente de deputado federal, no evento. Isso porque Curvo deveria estar, enquanto assessor, dando expediente no Ministério das Comunicações e não participando de eventos políticos. Conforme dados do portal da própria pasta, como assessor Tampinha tem jornada de trabalho de 40 horas semanais.

    15/08/2017 às 22:19:47
  • De : Kethywin / Para : Regiao

    Gente preciso da ajuda de vcs estou a procura de um homem chamado marcos o apelido dle eh tatinho ele e meu pai nunca vi ele e preciso saber do paradero dle ele mexia cm garimpo com tal de filao e o nome da mae dle s chama maria tereza ela tinha um bar subindo a coab s vcs souber de alguma coisa entra em contato com esse numer 67 9-96767451

    15/08/2017 às 19:18:50
  • De : Alguem / Para : Ouvinte

    Agora pronto... Ali é uma equipe.. os 2 fazem juntos... Um corre atrás do dinheiro o outro da ideia, do apoio, da fé e da esperança.. enquanto não existir união será uma eterna luta entre oposição e a atual... chegou hora de parar de choramingar.

    15/08/2017 às 09:58:20
  • De : Poconeana / Para : Criticos poconeanos

    Pessoal veja bem vcs acham certo isso disk denúncias se denunciando logo o pessoal que e denunciado ja estão sabendo e vazão depois fica de boa. quando os homens estão aqui .Não querendo ser pessimistas mas já sendo se liberar as drogas seria melhor em ambas partes primeira acabaria ladrões pois ai ele compraria sem problema a droga eos traficantes que vivem do sustento desses coitados nao teria para quem vender pois qualquer lugar venderia igual pão .só pra resumir ladrão rouba para sustentar o vício vem e para pagar traficantes. só observo .

    15/08/2017 às 00:02:05
  • De : Trabalho Escravo / Para : Todos

    O perfil do trabalho escravo ou análogo ao escravo foi mudando ao longo do tempo, em Mato Grosso, como esclarece Werner, do Centro Burnier. “Dos anos 70 aos 90, estava relacionado ao contexto das “picadas” que eram abertas por grileiros, que hoje são grandes proprietários. Depois, houve um boom migratório de pessoas do norte e nordeste para o trabalho de corte de cana-de-açúcar. Chegou a acontecer o resgate de 1001 trabalhadores, na Usina Gameleira, no Araguaia e outros casos reincidentes, como em Poconé, nos anos 2000, na usina Alcopan, que fechou”, conta. A terceira fase, agora, ocorre nas áreas tecnificadas. “Em plantações de algodão e soja, e em derrubadas de matas para hidrelétricas, entre outras”, afirma. O município de Santa Terezinha chegou a ser considerado a capital do trabalho escravo no Brasil.

    14/08/2017 às 22:02:49
  • De : Morador / Para : Assantantes

    Porcos e cachorros magros, sabem no qual pau q coça, tem mercados grandes q vendem bastante, e esses vaciloes nao vao lá assaltar! Vão lá pra levar um balaço na testa! As vezes da a entender q tem um informante, um chefe, cordenador daqui cidade!

    14/08/2017 às 21:31:04



ENVIAR RECADO

SIGA-NOS